Get Adobe Flash player

Produtos em Destaque

R$ 145.00
R$ 123.25
Você Economiza: 15.00%

Assinar as Novidades

Mantenha-se informado(a) assine as novidades!!

Enquete

Na Sua Opinião o portal está:
 
Home Notícias Mundo Igreja corre risco de se tornar uma 'ONG piedosa', diz Papa Francisco

Igreja corre risco de se tornar uma 'ONG piedosa', diz Papa Francisco

Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 

Novo Papa rezou, na Capela Sistina, a primeira missa de seu pontificado.
Conclave tornou o argentino Jorge Bergoglio o 1º Papa latino-americano.


Papa Francisco celebrou nesta quinta-feira (14), na Capela Sistina, diante dos 114 cardeais que o elegeram na véspera, a primeira missa do seu pontificado.

Ele disse que a Igreja Católica deve se concentrar no Evangelho de Jesus Cristo, caso contrário, corre o risco de se transformar em uma "ONG piedosa".

"Se não professamos Jesus Cristo, nos converteremos em uma ONG piedosa, não em uma esposa do Senhor", disse, durante a homilia, que durou sete minutos.

Papa Francisco celebra sua primeira missa no cargo, na Capela Sistina (Foto: AP/CTV)Papa Francisco celebra sua primeira missa no cargo, na Capela Sistina, nesta quinta-feira (14) (Foto: AP/CTV)


"Temos de andar sempre na presença do Senhor, na luz do Senhor, sempre tentando viver de forma irrepreensível", disse, em uma fala simples e carregada de referências bíblicas.Francisco assumiu o comando da Igreja de 1,2 bilhão de fiéis em um momento de disputas e intrigas, com o Vaticano abalado por uma série de escândalos de abuso sexual, acusações de disputas internas de poder e por alegações de má conduta financeira.

O sucessor de Bento XVI também disse que, quando os fiéis "caminham sem a Cruz, edificam sem a Cruz e professam sem a Cruz", "não somos discípulos do Senhor".

"Podemos ser leigos, podemos ser bispos, sacerdotes, cardeais, Papas, mas não discípulos do Senhor", disse, sem recorrer a anotações.O novo Papa afirmou que "quem não reza ao Senhor, reza ao diabo, já que quando não se proclama Cristo, se proclama a mundanidade do diabo, do demônio".

A missa foi celebrada em latim, com algumas leituras em italiano. Ela ocorreu um dia após a inédita eleição do cardeal argentino Jorge Mario Bergoglio como 266º pontífice da Igreja Católica, e na capela, no Vaticano, onde aconteceu a reunião de cardeais que o elegeu.

O sermão do Papa Francisco contrastou com o de seu antecessor, Bento XVI, que leu sua primeira homilia em latim em 2005.

Bento abdicou no mês passado, de forma surpreendente e inédita para a Igreja moderna, afirmando que não tinha mais força para liderar os católicos.

Na terça-feira (29), Dia de São José, ocorre a grande cerimônia de entronização do novo pontífice.

 

 

fonte: http://g1.globo.com/mundo/novo-papa-francisco/noticia/2013/03/papa-francisco-reza-na-capela-sistina-1-missa-de-seu-pontificado.html

Busca

Top Empresas

Folheados com os melhores preços

Previsão do Tempo

Quem está online

Nós temos 184 visitantes online

Recados Recentes

Colunistas

Rodrigo Luis Mingori
Rodrigo Luis Mingori
LUCAS EMIR BALBOENA
LUCAS EMIR BALBOENA